Nintendo Switch Online l Já começou errado

5 (100%) 2 votes

O anúncio do Nintendo Switch Online e seus recursos não agradou a maioria dos donos do Nintendo Switch. Com o preço de aproximadamente 75 reais por ano, o valor inferior ao das concorrentes não impedem as comparações aos benefícios oferecido aos assinantes. Enquanto na PS Plus e Live Gold oferecem jogos da atual geração e até alguns mais clássicos, a Nintendo está apenas oferecendo jogos alugados (como um sistema Netflix) do seu primeiro console, o NES. Apesar de uma biblioteca repleta de clássicos de qualidade, esse benefício não parece ser o suficiente, e os fãs têm razão.

Jogos de NES Online é ótimo, mas nem um Netflix?

A recepção negativa começou muito antes, quando o esperado sistema de save em nuvem não foi confirmado para jogos como Dark Soul: Remaster, Pokemon Let’s Go PIkachu e Splatoon 2. Um recurso essencial para qualquer jogo e a Nintendo parece estar excluindo alguns jogos dessa lista, enquanto na concorrência já é um recurso facilmente usado e sem risco de ter restrição de softwares. As “vantagens” do Nintendo Switch Online começaram a parecer apenas uma taxa  cobrada para se jogar online e fim, algo que antes era oferecido de graça pela Nintendo. Alguns jogos free to play online (como Fortnite e Paladins) vão continuar oferecendo acesso mesmo para quem não pagar a taxa  do Switch Online, mas são exceções. Ainda há a polêmica envolvendo a possibilidade dos save em nuvem serem excluídos após o término da assinatura, mas isso ainda será visto.

Cloud Saving é recurso para todos os jogos!

A Nintendo ainda prometeu alguma surpresa no seu trailer do último Nintendo Direct, mas ainda não foi revelado nada além disso. Quando a Nintendo finalmente parecia estar dando um passo a frente, vem a realidade e faz ela dar mil passos para trás. Isso me deixou com saudades até do sistema de fidelidade antigo, o Nintendo Club, que oferecia mais vantagens que isso e tinha online de graça. Sejamos justos em uma única questão, a Nintendo é novata nessa área e ainda é um lugar que ela pode melhorar quando finalmente começar de verdade. Vamos ver se a crítica dos fãs será ouvida pela Nintendo e ela comece a tratar sua enorme fanbase com seus mimos que adoramos. Que tal oferecer DLCs de graça? Personagens do Smash? Vamos dar tempo para ver o que a Nintendo pretende fazer com esse sistema online que vai começar verdinho, mas estamos sedentos por muito mais por saber que ela pode oferecer além disso.

O Nintendo Switch Online será lançado amanhã (18 de Setembro) em todo mundo, com planos individuais e para família.

Para mais notícias sobre o Switch, fiquem ligados na MaxConPE.

Leave a Reply

%d bloggers like this: