Doctor Who e a chegada de Jodie Whittaker no 11º ano

Rate this post

Todo fã de Doctor Who sabe a importância do momento em que o rosto do protagonista muda. É uma nova fase para o seriado e um terreno pronto para ser preenchido com novas narrativas e aventuras. Obviamente, a chegada de Jodie Whittaker para encabeçar o seriado foi permeada por certas polêmicas: é inegável que houve o desconforto de muitos fãs com o anúncio de que o doctor seria uma mulher. Uma maravilhosa fase se iniciando com representatividade, mudança e novos ciclos – mas péssimo momento para aqueles que, movidos pelo preconceito, não se agradam com o protagonismo de mulheres do universo nerd.

A décima primeira temporada do seriado se iniciou com o episódio entitulado The Woman Who Fell to Earth“. Nele, vemos o desenvolvimento da história da protagonista, com a apresentação de sua narrativa, características e, ainda, aqueles personagens que lhe acompanharão no decorrer dos próximos episódios que comporão o seriado.

Resultado de imagem para doctor who Jodie Whittaker

O que é possível enxergar na composição da personagem é o carisma, um tom divertido, muita sagacidade, firmeza e autoridade. Jodie nos entrega todo o fascínio que entorna o papel principal e, ainda, a força para segurar a complexidade e peso do personagem. Os companions também nos são apresentados no episódio inicial: Ryan Sinclair (Tosin Cole), um jovem com deficiência motora; Graham O’Brien (Bradley Walsh), aposentado motorista de ônibus e padrasto de Ryan; e Yasmin Khan (Mandip Gill), amiga de infância de Ryan e policial novata.

Jodie Whittaker chegou para contrariar a opinião de todos aqueles que especularam a falta de força para segurar o protagonismo de um seriado tão emblemático. Em apenas um episódio nos mostrou sua força, seu carisma e a capacidade de fazer história como uma espetacular Doctor.

Leave a Reply

%d bloggers like this: