Games no Halloween l Os cinco locais mais assustadores que você visitou ou não deveria visitar.

5 (100%) 4 votes

Jogos podem ser assustadores, e nem mesmo o mais corajoso  dos jogadores nunca levou um sustinho com um joystick nas mãos. Para o especial de Halloween, separamos os sete lugares que mais aterrorizam os pesadelos da maioria dos gamers. O local não precisa ser exclusivamente de um jogo do gênero survival horror, mas precisam trazer elementos do universo do Terror, como criaturas horripilantes e uma atmosfera soturna pronta para te dar uns sustos de vez  em quando.

1 – Yharnam (Bloodborne)

Uma atmosfera gótica cheia de rituais macabros te espera em um dos jogos mais desafiadores, exclusivo para Playstation 4. O fato é que a atmosfera sombria sempre pairou em jogos da série Dark Souls, mas é em Bloodborne que temos o local mais perturbador das séries da From Software. Criaturas bizarras como aparições enormes, cães demoníacos e chefões enormes coberto de vísceras e ossos. Criaturas espalhadas estrategicamente para te pegar de surpresa em um jogo que não é conhecido em facilitar as coisas. Yharnam tem até moradores, mas certamente não é um lugar que você gostaria de morar, já que a maioria deles não vão abrir a porta para você ou possuem a maldição de lobisomem que vai te incomodar muito. Uma das piores vizinhanças na assustadora cidade de Bloodborne.

2 – Mountain Hikami (Fatal Frame: Maiden of the Black Water)

Poucos foram os infelizes a desbravar esse local assustador no exclusivo de Wii U, Fatal Frame: Maiden of the Black Water. A série já é conhecida como uma das mais assustadoras do mundo dos games desde os tempos de Playstation 2, mas é no Wii U que temos a maior sensação de medo, graças também ao bom uso do gamepad, que funciona como sua arma Camera Obscura, uma máquina fotográfica sobrenatural feita para atingir aparições a cada disparo, e não há nada mais perturbador do que capturar o melhor ângulo de um terrível fantasma. Em Fatal Frame tudo se resume a fantasmas extremamente assustadores, até mesmo de crianças (meu maior pesadelo). O jogo tem pouca visibilidade e a sensação de vulnerabilidade diante da situação onde apenas uma jornalista com uma estranha câmera pode te salvar é tensa o tempo todo. Muitas vezes, a única solução é fugir das aparições através de cenários que vão de vilas amaldiçoadas, quartos decorado com bonecas de vodu e florestas com fantasmas suicidas com direito a uma jovem com a cabeça semi decapitada. De efeitos sonoros horripilantes e realistas, Fatal Frame é, sem dúvida, o jogo mais assustador que já joguei.

3 – Silent Hill (Silent Hill)

O terror psicológico em Silent Hill pode assombrar os mais desprevenidos nesse clássico que mexe com a mente do protagonista do game e do jogador. Tudo é muito confuso, sombrio, e a eterna neblina que cobre Silent Hill com criaturas do submundo te persegue o tempo todo. A escassez  de recursos para combater essas criaturas também é um elemento clássico de um grande survival horror e você tem tudo aqui para dominar teus pesadelos. O final confuso te deixa com mais perguntas do que respostas e os mistérios desse lugar aterroriza não só o primeiro jogo da série, mas muitos outros. Sillent Hill é a completude dos seus pesadelos, onde a mente do personagem tem relação direta com a consequência dos eventos no jogo. Você, certamente, não vai querer acordar um dia em Silent Hill.

4 – UGS Ishimura (Dead Space)

Dead Space é um survival horror que ocorre dentro de uma nave de grande porte chamada UGS Ishimura, nomeado em honra do seu criador Hideki Ishimura. Pairando no espaço, a nave antes era um local protegido criado para obter novos recursos para a humanidade em outros planetas. O que acontece a partir daí é que indesejáveis visitantes atacam a nave e a transformam em um dos locais mais aterrorizantes do mundo dos games. Os alienígenas aqui vem em várias formas e a maioria deles exige uma estratégia diferente para derrotar. Espere muito desmembramento dos aliens com suas armas futuristas. Eles vêm em todos os tamanhos e formas bizarras, oferecendo batalhas em ambientes claustrofóbicos, outra marca importante em jogos do gênero. A iluminação escassa, falta de recursos e sustos constantes assombram UGS Ishimura e transforma o sonho da humanidade em desbravar o espaço em um pesadelo que nem Amanda Ripley gostaria de encarar.

5- Spencer Mansion (Resident Evil)

A clássica mansão do primeiro Resident Evil é um ambiente que não poderia faltar nessa lista, já que, além de ser um dos primeiros locais mais assustadores dos games, é o lugar responsável por consolidar o gênero survival horror de vez no universo dos games. Quem não ficou espantado com a cena do primeiro zumbi se alimentando de um cadáver ou dos cachorros zumbis quebrando as janelas da mansão, não sabe o que é sentir medo diante de um game. A mansão sombria é decorada de objetos que revelam puzzles misteriosos que deixam  o jogador em um universo de horror e confusão. A munição limitada, pouca  chance de se curar e criaturas que vão além de zumbis, como a clássica serpente gigante e os corvos são apenas alguns exemplos do terror que a série trouxe para os games. Jill Valentine e Chris Redfield ainda precisam lidar com um traidor e descobrem um plano que desencadeia a epidemia zumbi de vez no universo dos games.

Para mais sobre games de arrepiar os cabelos do sovaco, fique de olho na MaxCon.

Leave a Reply

%d bloggers like this: