Blizzcon 2018 l Diablo Immortal e a polêmica em torno do jogo

5 (100%) 2 votes

No maior evento da Blizzard, aconteceu algo inusitado, o anúncio de um Diablo Immortal. um jogo mobile que não parecia ser grande coisa deu lugar a revolta da maioria dos fãs da série, que não gostaram nada do anúncio. Para entender os motivos da polêmica é preciso se colocar no lugar da comunidade que apoia o jogo desde seus primórdios, e se revoltar contra uma empresa por um jogo conhecido por ser como uma das maiores franquias dos games ganhando uma versão para o público mobile não é bem um exagero.

Primeiramente, o público de Diablo está, majoritariamente, no PC, e poucos deles têm interesse em uma versão mobile. Além do mais, a versão do Diablo 3 : Eternal Collection no Switch já atende bastante a demanda de quem deseja uma experiência real de um game Diablo em um console handheld. A Blizzard é uma empresa incrível e raramente faz algo nas pressas visando apenas o lucro, e o esquema de micro transações em games mobile não agrada o público desse game que chegou a comparar a empresa com a EA, pois sabem que os jogos mobile limitam o gameplay e oferecem uma experiência superficial. Tudo isso aconteceu no maior evento da Blizzard, quando todos esperavam algo como um Diablo 4 ou um remake/remaster de algum Diablo mais antigo, como apontava os rumores.

Recentemente, a Bizzard se manifestou dizendo que até tinha um trailer preparado de Diablo 4 para mostrar na Blizzcon, mas não o fez. Para mim, essa declaração não passou de uma forma de controlar os danos causado pela negatividade em Diablo Immortal, que atingiu o número incrível de 500 mil dislikes no seu trailer, e o mais bizarro de tudo isso foi a Blizzard ter deletado os dislikes no trailer do jogo, algo lamentável para uma empresa que pela primeira vez mostra sinais de desespero. No mais, a empresa escolheu lugar e momento errado para anunciar o game, que não parece ruim, mas imaginem que não é a primeira empresa que sofre com isso, pois é se lembrar da Nintendo na E3 e o fiasco de Metroid Prime: Federation Force. Companhias que carregam grande selo de qualidade costumam sofrer mais com esse tipo de pressão, só esperamos que tudo seja passageiro e a Blizzard não volte a ser vaiada em seu próprio evento, fato que entrou para a história das vergonha na indústria. Confira o trailer do game com seus quase 500 mil dislikes (Parte 2) que chegará as plataformas apple e android em alguma data não anunciada.

Leave a Reply

%d bloggers like this: