Analise | Terra Selvagem

5 (100%) 1 vote

Terra selvagem nos apresenta a história de Cory (Jeremy Renner), um caçador de predadores que tenta seguir com sua vida após a morte de sua filha mais velha, acontecimento esse que pos um fim em sua vida matrimonial com Wilma(Julia Jones). Durante uma de suas rondas de trabalho, Cory encontra o corpo de uma garota congelada e com sinais de abuso sexual. E assim tem inicio a investigação do que de fato aconteceu nos últimos momentos de vida da jovem Natalie (Kelsey Chow). O longa se passa em Lander, cidade localizada no estado norte-americano de Wyoming no Condado de Fremont.

Confesso que não me empolguei nos primeiros minutos do filme, uma garota correndo descalça na neve e um cara matando coiotes? Mas Jeremy não é o Gavião dos vingadores por qualquer motivo. Aqui Renner retrata com maestria um pai tentando guiar seu filho para o mundo que ele conhece, se mostrando forte diante de acontecimentos do seu passado e com uma incrível empatia com um amigo e pai que passa por um trauma semelhante ao retratado durante o filme, sem contar a capacidade de rastrear predadores na neve (animais ou humanos).

 

O destaque não vai para um único ator, mas sim para todo o elenco. Elizabeth Olsen como sempre fazendo um ótimo trabalho, interpretando a agente do FBI Jane Banner, inexperiente e não apta ao trabalho, aos olhos dos moradores da região, mas que sabe bem o que faz. Há uma outra participação muito importante nesse filme, mas não vou citar nomes para não estragar a surpresa.

O filme dirigido por Taylor Sheridan, roteirista responsável por Sicario: Terra de Ninguém vai prender a sua atenção e te chocar com a verdade dos fatos no decorrer dessa ficção que tem seus pontos verdadeiros, já que o filme retrata a triste realidade das mulheres nativo americanas que desaparecem e não tem seus dados compilados para a população.

 

Nota:

Leave a Reply

%d bloggers like this: