Análise | Ozark – Temporada 1

5 (100%) 1 vote

Série original Netflix criada por Bill Dubuque e Mark Williams, Ozark mostra a vida de uma família cujo patriarca se envolve em problemas sérios após se envolver com lavagem de dinheiro de um traficante. Há uma semelhança forte com Breaking Bad, mas não se deixe enganar, Ozark tem seus méritos próprios.

Não espere aquele início como em Breaking Bad, com o protagonista se envolvendo aos poucos no crime. Em Ozark, o piloto já deixa clara a proposta da série e a postura de seu protagonista, o maior trunfo do programa. Muito bem construído, sem arrodeios e interpretado soberbamente pelo Jason Bateman, Marty Byrde está anos-luz à frente dos seus inimigos. É gostoso de ver o personagem resolvendo seus problemas de maneira inteligente, sem soar forçado como foi o caso do casal Underwood na última temporada de House of Cards. O ator ainda tem a oportunidade de dirigir alguns episódios e o resultado é excelente.

Laura Linney e sua Wendy Byrde estão no mesmo nível que Bateman. São cenas como a do bicho morto em cima do telhado que fazem com que a personagem seja muito mais que a esposa do protagonista, tendo uma relevância considerável na série. Bateman e Linney, ambos indicados ao SAG 2018, possuem uma química invejável em cena, muito graças ao talento de ambos, mas também ao roteiro que não limita seus personagens a um mero casal com problemas conjugais, há uma parceria aqui e um caminho próprio de cada um no enredo muito bem realizado.

Outro destaque é a atriz Julia Garner. Ela vive a personagem com melhor desenvolvimento na série, começando como uma vilã bad ass e conforme o roteiro se aprofunda mais na personagem, é impossível também não sentir empatia por Ruth Langmore. Fica difícil definir a maioria dos personagens da série de forma binária, como mocinhos ou vilões, todos são muito bem retratados e o elenco faz o favor de reproduzir isso da melhor forma. Mesmo os mais rasos, como os Snell, são entregues a um elenco competente.

Ozark é criativa, ousada, possui um elenco poderoso e é conduzido de forma exemplar. Seus dez episódios estão disponíveis na Netflix e a segunda temporada está prevista para 2018.

Leave a Reply

%d bloggers like this: