Análise | Para a casa do cabeça

5 (100%) 2 votes

 

 

“…and now for something completely different”  –John Cleese

Essa frase realmente mostra o que pensei quando terminei a leitura desse quadrinho, é uma coisa completamente diferente. Mas não é diferente de uma maneira ruim, é diferente bom, muito bom. A HQ foi lançada em 2015 e só agora tive a chance de ler e valeu cada segundo de espera, pois o enredo lhe segura e te faz implorar para pedir o volume dois.

Com personagens criativos e com personalidades fortes, Marcelo Braga nos mostra um mundo louco mas com total sentido de narrativa, ganchos incríveis e diálogos naturais. A primeira vista, os personagens se mostram como cartuns engraçados e ingênuos, e que de imediato lhe mostram o contrário, são sérios e reais apesar de sua aparência.

Apesar do roteiro ser muito bom, o que chama a atenção da obra são os desenhos, Braga mostra uma narrativa visual em certas páginas para deixar Will Eisner orgulhoso, sem exagero, a narrativa gráfica está aplicada conforme a teoria. Numa splash page com os personagens principais no topo de uma escada com vista para parte da cidade, você nota os detalhes minuciosos que o artista se preocupou em colocar em colocar, é de encher os olhos. Ansioso pelo segundo volume. Vale a pena

Nota:

Leave a Reply

%d bloggers like this: