OSCAR 2018 – Confira os vencedores e os momentos de destaque da premiação

5 (100%) 3 votes

Aconteceu neste domingo (4) a esperada 90ª edição da cerimônia do Oscar, onde ocorre a maior premiação da indústria cinematográfica.  O tom inegavelmente político que permeou a maioria dos filmes indicados e a recorrente luta pela igualdade de direitos das minorias reverberaram no tom do evento, onde foram inúmeras as manifestações em prol da celebração das diferenças e da minoração do preconceito.

A mudança de muitos dos parâmetros tradicionais da Academia foi evidente na apresentação das categorias e na lista de vencedores. Com a presença massiva de imigrantes, estrangeiros, discursos de empoderamento feminino, visibilidade LGBT e críticas ao preconceito racial, o Oscar assumiu o tom que a situação da política mundial clama: a união dos indivíduos, independentemente de suas diferenças, a fim de reunir forças para dirimir o sofrimento de muitos.

A vitória de imigrantes em muitas das principais categorias é um contraponto expressivo à recorrente intolerância com imigrantes, atmosfera enfrentada principalmente nos EUA. Guillermo Del Toro conquistando, através de A Forma da Água, o prêmio de Melhor Diretor e Melhor Filme, o prêmio de Melhor Canção e Melhor Animação para Viva – A Vida é uma festa e a celebração de figuras e apresentadores latinos, como Lin Manuel Miranda, Gael Garcia Bernal e Oscar Isaac demonstram que o talento e as conquistas dos imigrantes retiram o sentido da construção de muros ao invés de pontes.

As apresentações das canções indicadas a Melhor Canção também evidenciaram o significado profundo por trás das melodias presentes nos filmes. Abraçar as diferenças, a aceitação independentemente da imposição de estereótipos e a celebração do amor em sua mais genuína forma foram lindas representações de como a arte não se limita ao papel de entreter, mas se sobrepuja ao passar lições de vida.

Destaca-se, ainda, a exaltação do trabalho de Greta Gerwig por Emma Stone na apresentação do prêmio de Melhor Diretor; o poderoso discurso de Frances McDormand, permeado por sororidade e força feminina; a vitória do filme chileno que retrata a vida de uma mulher transgênero na categoria de Melhor Filme Estrangeiro e a premiação, em categorias importantes, de filmes como Me Chame Pelo Seu Nome e Corra!, que foram tão eficazes na abordagem de temas relevantes e obtiveram êxito na inclusão e representatividade.

Confira abaixo a lista de premiados:

 

MELHOR FILME

  • Me Chame Pelo Seu Nome
  • O Destino de Uma Nação
  • Dunkirk
  • Corra!
  • Lady Bird – A Hora de Voar
  • Trama Fantasma
  • The Post – A Guerra Secreta
  • A Forma da Água 
  • Três Anúncios Para um Crime

MELHOR DIREÇÃO

  • Dunkirk – Christopher Nolan
  • Corra! – Jordan Peele
  • Lady Bird – A Hora de Voar – Greta Gerwig
  • Trama Fantasma – Paul Thomas Anderson
  • A Forma da Água – Guillermo del Toro

MELHOR ATRIZ

  • Sally Hawkins – A Forma da Água
  • Frances McDormand – Três Anúncios Para um Crime 
  • Margot Robbie – Eu, Tonya
  • Saoirse Ronan – Lady Bird – A Hora de Voar
  • Meryl Streep – The Post – A Guerra Secreta

MELHOR ATOR

  • Timotheé Chalamet – Me Chame Pelo Seu Nome
  • Daniel Day Lewis – Trama Fantasma
  • Daniel Kaluuya – Corra!
  • Gary Oldman – O Destino de Uma Nação 
  • Denzel Washington – Roman J. Israel, Esq.

MELHOR ATOR COADJUVANTE

  • Willem Dafoe – Projeto Flórida
  • Woody Harrelson – Três Anúncios Para um Crime
  • Richard Jenkins – A Forma da Água
  • Christopher Plummer – Todo o Dinheiro do Mundo
  • Sam Rockwell – Três Anúncios Para um Crime 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

  • Mary J. Blige – Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi
  • Allison Janney – Eu, Tonya 
  • Laurie Metcalf – Lady Bird – A Hora de Voar
  • Octavia Spencer – A Forma da Água
  • Lesley Manville – Trama Fantasma

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

  • Doentes de Amor
  • Corra! 
  • Lady Bird – A Hora de Voar
  • A Forma da Água
  • Três Anúncios Para um Crime

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

  • Artista do Desastre
  • Me Chame Pelo Seu Nome 
  • Logan
  • A Grande Jogada
  • Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi

MELHOR ANIMAÇÃO

  • O Poderoso Chefinho
  • Viva – A Vida é uma Festa 
  • O Touro Ferdinando
  • Com Amor, Van Gogh
  • The Breadwinner

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

  • Edith+Eddie
  • Heaven is a Traffic Jam on the 405 
  • Heroin(e)
  • Kayayo: The Living Shopping Baskets
  • Knife Skills
  • Traffic Stop

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM LONGA-METRAGEM

  • Abacus: Pequeno o Bastante Para Condenar
  • Visages villages
  • Ícaro 
  • Últimos Homens em Aleppo
  • Strong Island

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

  • Uma Mulher Fantástica (Chile)
  • O Insulto (Líbano)
  • Sem Amor (Rússia)
  • The Square – A Arte da Discórdia (Suécia)
  • Corpo e Alma (Hungria)

MELHOR CURTA-METRAGEM

  • DeKalb Elementary
  • The Eleven O’Clock
  • My Nephew Emmett
  • The Silent Child 
  • Watu Wote/All of Us

MELHOR CURTA EM ANIMAÇÃO

  • Dear Basketball – Glen Keane e Kobe Bryant
  • Garden Party – Victor Caire e Gabriel Grapperon
  • Lou – Dave Mullins e Dana Murray
  • Negative Space – Max Porter e Ru Kuwahata
  • Revolting Rhymes – Jakob Schuh e Jan Lachauer

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

  • “Remember Me” – Viva – A Vida é uma Festa – Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez
  • “This is Me” – O Rei do Show – Benj Pasek e Justin Paul
  • “Mighty River” – Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi – Mary J. Blige, Raphael Saadiq e Taura Stinson
  • “Mystery of Love” – Me Chame Pelo Seu Nome – Sufjan Stevens
  • “Stand Up for Something” – Marshall – Diane Warren e Lonnie R. Lynn

MELHOR FOTOGRAFIA

  • Blade Runner 2049 – Roger Deakins
  • O Destino de Uma Nação – Bruno Delbonnel
  • Mudbound – Lágrimas sobre o Mississipi – Rachel Morrison
  • Dunkirk – Hoyte van Hoytema
  • A Forma da Água – Dan Laustsen

MELHOR FIGURINO

  • A Bela e a Fera
  • O Destino de Uma Nação
  • Trama Fantasma 
  • A Forma da Água
  • Victoria e Abdul – o Confidente da Rainha

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO

  • O Destino de Uma Nação 
  • Extraordinário
  • Victoria e Abdul – o Confidente da Rainha

MELHOR MIXAGEM DE SOM

  • Em Ritmo de Fuga
  • Blade Runner 2049
  • Dunkirk 
  • A Forma da Água
  • Star Wars – Os Últimos Jedi

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

  • Em Ritmo de Fuga
  • Blade Runner 2049
  • Dunkirk 
  • A Forma da Água
  • Star Wars – Os Últimos Jedi

MELHORES EFEITOS VISUAIS

  • Blade Runner 2049 
  • Guardiões da Galáxia Vol.2
  • Kong – A Ilha da Caveira
  • Star Wars – Os Últimos Jedi
  • Planeta dos Macacos – A Guerra

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

  • A Bela e a Fera
  • Blade Runner 2049
  • O Destino de Uma Nação
  • Dunkirk
  • A Forma da Água 

MELHOR MONTAGEM

  • Em Ritmo de Fuga
  • Dunkirk 
  • Eu, Tonya
  • A Forma da Água
  • Três Anúncios Para um Crime

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL

  • Dunkirk – Hans Zimmer
  • Trama Fantasma – Jonny Greenwood
  • A Forma da Água – Alexandre Desplat
  • Star Wars – Os Últimos Jedi – John Williams
  • Três Anúncios Para um Crime – Carter Burwell

Leave a Reply

%d bloggers like this: