Análise| Sexta-Feira 13 (2009)

Rate this post

Um grupo de jovens vai para o antigo acampamento Crystal Lake com o desejo de se divertirem, namorarem e usar drogas. Acontece que este mesmo acampamento foi palco de uma terrível série de assassinatos que começou depois da morte de uma criança, por imprudência dos monitores do acampamento. Revoltada, a mãe da criança caça e mata quem ela julga responsável pela morte de seu filho. Bom, esses jovens que buscam diversão no acampamento, não são os únicos no lugar.

Senhoras e senhores, é com enorme prazer que lhes convido a assistir o melhor remake de filme de terror já feito até o presente momento! Dirigido por Marcus Nispel (O Massacre da Serra Elétrica 2003) e distribuído aqui no Brasil pela Paramount Pictures, Sexta-Feira 13 (2009) é até então o melhor filme de terro já produzido e aqui você entendera o porquê de tanta convicção. Depois de certos acontecimentos que eu não vou citar mesmo esse filme tendo quase 10 anos de lançamento, conhecemos Clay (Jared PadaleckiSobrenatural a série), um jovem que procura por sua irmã desaparecida e acaba cruzando o caminho da jovem Jenna (Danielle Panabaker) e de seus amigos e assim se inicia o enredo do filme.

Antes de tudo, deixe-me dizer que o destaque do filme vai pra o assassino da franquia que retorna com a sua melhor versão. Poucas são as pessoas que não conhecem os filmes Sexta-Feira 13 ou o personagem Jason Voorhees, muitos são os fãs. Em todos os longas da franquia temos um assassino frio e que sempre caminha, desaparece no bosque e do nada, está a frente de suas vitimas para dar-lhes um fim trágico. Aqui o Jason interpretado por Derek Mears é muito mais real, perseguindo suas vítimas, lançando objetos quando acha que a presa pode escapar e usando de diversas formas para dar fim a pobre alma. Todos esses elementos e muitos outros como a própria atuação de Mears te convencem de que essa é a melhor adaptação de terror já feita. Claro que os outros atores dão sim um show de atuação, seja nos momentos de humor, no clima de romance ou em momentos de tensão, mas com certeza a atuação Derek conta muito pra isso, basta observar cada tomada que o vilão aparece.

Com um ótimo roteiro e elenco de peso, o filme só peca em uma única questão: Já faz exatos nove anos de seu lançamento (13 de Fevereiro de 2009, e sim, foi numa sexta-feira 13) aqui no Brasil e nada de uma continuação. Rumores sobre uma possível serie saíram e também foi mencionado um reboot, uma possível origem de Jason, mas até o presente momento, nada. Já que a continuação ou uma história paralela não chega, vamos aproveitar e rever esse incrível sucesso do terror?

 

Nota: 

 

Leave a Reply

%d bloggers like this: