Análise | Hollow Knight

5 (100%) 2 votes

Avaliado no Nintendo Switch

Os jogos indies têm surpreendido a indústria dos games com uma qualidade que a maioria das grandes desenvolvedoras não consegue entregar, principalmente jogos de gêneros que exigem um sentido aguçado na hora de sua execução, justamente por tocar em elementos de jogos clássicos, onde podemos cometer o erro de pensar que não há espaço para evolução. Hollow Knight (lançado em 2017) é um jogo de plataforma 2D que se enquadra no gênero que ficou conhecido por Metroidvania , ou seja, espere um mapa aberto para exploração, com direito a backtracking, upgrade de armas, colecionáveis e chefes em um jogo de plataforma incrível que vai te dar motivos de sobra para começar a jogar.

Desenvolvido e publicado pela Team Cherry, Hollow Knight te leva ao mundo de Hallownest, o reino abandonado, um silencioso mundo sombrio com criaturas mais parecidas com insetos que lembra algo tirado do universo de Tim Burton, te oferecendo uma atmosfera fantástica com um toque grotesco. O jogo tem belíssimos gráficos, (usando a engine Unity) feito pelo designer e artista do jogo, Ari Gibson, com apoio de William Pellen. A simplicidade brilha em um game com animações vivas que casam muito bem com a fluidez na movimentação dos personagens, uma combinação importante para um Metroidvania dar certo.

O protagonista é um inseto/cavaleiro com habilidade de sugar almas dos inimigos derrotados, os NPCs o chamam de Pale Knight, e pouco se sabe sobre sua história até o final do jogo. Dependendo de como você joga, é possível obter três finais diferentes, portanto, ler os diálogos é importante para entrar na história do Hollow Knight. O fato de não ter voice acting pode ser um ponto negativo, mas certamente é algo dispensável se você está acostumado com jogos que ainda te tiram da preguiça e o faça ler bastante. Sua arma é uma super unha/espada, que também pode ser evoluída durante o jogo, e é claro que não é o único item digno de upgrade, já que você vai encontrar mask shards para aumentar seu HP e também bastante soul vessels para aumentar sua “barra de energia”, que também pode ser usada para recuperar seu HP. O dinheiro do jogo se chama Geo e é importante estar em contato com os mercadores nas cidades e dungeon para dar upgrade até mesmo no seu mapa. As magias desempenham um papel importante e confesso que esse inseto protagonista me lembra um poderoso vampiro com seu aspecto taciturno, vestimenta e forma de se deslocar, além de usar os inimigos como sua fonte principal de energia, aumentando sua gauge a cada hit dado.

Se você está procurando desafio, certamente vai encontrar aqui. Hollow Knight não é para os fracos e vai exigir precisão em algumas partes de plataforma, inimigos e chefes dignos de Dark Souls. Não foram poucas as vezes que morri nesse jogo, e as semelhanças com Dark Souls não param por aí. Ao morrer, uma sombra/fantasma do seu corpo é deixada no local de morte, junto com todo seu dinheiro coletado, ou seja, se você morrer novamente antes de recuperar sua alma, é melhor dar adeus a todo Geo coletado com ela. Save points tradicionais estão espalhados no mapa e o save constante é parte crucial para evitar dor de cabeça maior, já que o jogo não te dá checkpoints.  Lembre-se de recuperar sua alma antes de colocar tudo a perder. Aos que procuram ainda mais desafio existe a possibilidade de jogar um modo onde você só pode morrer uma única.  Apesar de difícil, o jogo não é injusto, te oferecendo possibilidades de destruir inimigo após entender os padrões de ataque e contra-ataque e te dando uma satisfação enorme a completar cada etapa do jogo. Lembrando que o jogo não oferece a opção multiplayer, ou seja, você vai “sofrer” sozinho.

Alcançando mais 250 mil unidades no Nintendo Switch em alguns meses, Hollow Knight caiu na graça do público da Nintendo e seu sucesso ainda continua em 2018. Na plataforma da Big N, o jogo roda com uma resolução de 1080p na TV e 720p no modo portátil, possibilitando você jogar Hollow Knight em qualquer lugar. Infelizmente, não houve port desse jogo para PS4 e Xbox One, mas esperamos que isso mude. Por 15 dólares no Nintendo Switch (que ganhou versão do jogo em 2018) e ainda mais em conta para Microsoft Windows e Mac, Hollow Knight é um dos melhores jogos indies na biblioteca dessas plataformas. Com uma direção de arte incrível, desafio e diversão de sobra, Hallownest é o seu lugar.

Leave a Reply

%d bloggers like this: